Militares desmoralizados: A história da garotinha que não cumprimentou o presidente Figueiredo


Se um dia eu criar uma lista das fotos mais influentes da História do Brasil, certamente essa estará entre as dez primeiras. Em 1979 uma menina de apenas cinco anos desafiou o presidente João Baptista Figueiredo, o último presidente da Ditadura Militar, ao se recusar a cumprimentá-lo. O inocente gesto da criança se tornou símbolo do descontentamento com o regime militar. 

A garota da foto se chama Rachel Clemens Coelho, e deu uma entrevista contando o verdadeiro contexto da foto: "me mandaram dar a mão pra ele, mas eu odeio receber ordens". Apesar da menininha não entender a importância política do seu gesto, até mesmo a história real pode interpretar a essência do desprezo pelo autoritarismo.


Veja a entrevista:


Sobre este site

O Projeto História Ilustrada é uma iniciativa acadêmica apoiada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e pela Fundação Antõnio dos Santos Abranches (FASA). Todos os autores deste site são formados ou estudantes do curso superior em História. Nós usamos técnicas de redação compatíveis com a linguagem da internet com o objetivo de disseminar o conhecimento e paixão pelos estudos históricos.